quarta-feira, 16 de abril de 2014

PRAÇAS DECIDEM PARALISAR ATIVIDADES A PARTIR DE TERÇA (22)

Devido à falta de diálogo entre o Poder Público e a classe militar, que há tempos denuncia à sociedade as precárias condições de trabalho pelas quais está submetida, policiais e bombeiros militares do RN ampliam pauta de reivindicações e decidem, com unanimidade, pela paralisação das atividades a partir desta terça-feira (22). A decisão foi aprovada durante Assembleia Geral extraordinária realizada na manhã de hoje (16), no acampamento em frente à Governadoria.

Além da aprovação do Projeto de Lei de Promoção de Praças, principal medida defendida pelos militares estaduais, foram adicionadas à pauta de reivindicações mais demandas importantes para a segurança pública, sobretudo à sociedade. Dentre os quesitos que correspondem a obrigações do Governo estão o reajuste de 15% do subsídio, que há dois anos não é feito pelo Estado, devido enquadramento dos níveis remuneratórios, pagamento do terço de férias ainda referente a 2012, integralização dos vencimentos dos que foram promovidos e ainda não recebem de acordo com a graduação, revisão da lei e reajuste da Diária Operacional, admissão de etapa alimentação como verba indenizatória, revisão do estatuto da PM em relação à carga horária e substituição do Regulamento Disciplinar da PM pelo Código de Ética.

“Todas essas reivindicações estavam sendo deixadas de lado pelos militares da polícia e corpo de bombeiros em nome da aprovação da Lei de Promoção de Praças. Infelizmente, o Governo não está entendendo a necessidade de atendimento à demanda, de modo que, a partir do dia 22, os praças decidiram paralisar suas atividades de policiamento ostensivo, já que consideram a medida justa e necessária e infelizmente não há outra alternativa”, explica o presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros do RN (ASSPMBM/RN), Eliabe Marques.

Em sua fala aos praças, o Presidente da APRAM, Tony Nascimento, explica que a instituição chegou ao fundo do poço e seus componentes são desrespeitados enquanto trabalhadores. "Nossa dignidade é roubada diariamente. Lutar não é crime e a única coisa que podemos perder com a paralisação são as correntes que nos aprisionam e humilham nesse sistema opressor que nos é imposto", declarou o dirigente.
Fonte: Apram

BANCO DO BRASIL EM SÃO LUÍS DO CURU É METRALHADO DURANTE ASSALTO NA TARDE DA ULTIMA TERÇA-FEIRA (15)I

IMAGEM ILUSTRATIVA
Cinco homens armados assaltaram uma agência bancária do Banco do Brasil, localizada em São Luís do Curu, distante 95,6 km de Fortaleza, por volta das 14h30 desta terça-feira, 15. Este é o terceiro ataque a banco registrado em menos de 48h no Ceará. 
Na última segunda-feira, 14, um banco e um caixa eletrônico foram atacados nos municípios de Catunda e Guaraciaba do Norte, respectivamente. Assalto ao banco em São Luís do Curu As Polícias Civil e Militar das regiões próximas de São Luís do Curu trabalham em conjunto para capturar os assaltantes. 

De acordo com informações da Polícia Militar (PM) de Pentecoste, o grupo fugiu em um carro modelo HB20, de cor preta. A quantia levada pelos bandidos não foi divulgada. 

Segundo informações da PM de Paracuru, os assaltantes levaram um refém durante a fuga, mas ele foi liberado próximo ao município de Croatá. 



A quadrilha também abandonou o carro modelo HB20 no mesmo local. Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) dá apoio à operação. A agência do Banco do Brasil localizada no município de São Luís do Curu sofreu três ataques em menos de um ano. No dia 2 de julho de 2013, um grupo de três homens usou explosivos e tentou assaltar o banco, mas não conseguiu levar nenhuma quantia. 



No dia 9 de setembro, um grupo de cinco homens assaltou a mesma agência. A quantia levada não foi divulgada. 



Ações em Catunda e Guaraciaba do Norte Na madrugada de segunda-feira, 14, uma quadrilha formada por oito homens explodiu um caixa eletrônico localizado dentro da Prefeitura de Guaraciaba do Norte, distante 320,2 km de Fortaleza. Em Catunda, a 273,2 km da Capital, quatro homens armados assaltaram uma agência do Banco do Brasil na tarde da última segunda-feira, 14.



Imagem Ilustrativa Internet/Redação O POVO Online

Ladrões invadem casa do líder do Trio Los Angeles na Grande SP


Ladrões invadiram a casa do líder do Trio Los Angeles, banda de sucesso nos anos 80, na noite desta terça-feira (15), em Carapicuíba, na Grande de São Paulo, e mantiveram seis pessoas reféns. Uma irmã do cantor, que se escondeu no quarto, chamou a Polícia Militar, como informou o Bom Dia São Paulo. Quando a polícia chegou, houve troca de tiros e três ladrões morreram.
Os cinco criminosos invadiram a casa do cantor Márcio Mendes, que fica em um condomínio fechado, por volta das 19h30.


Dois homens que consertavam o portão da casa foram os primeiros a serem rendidos. “Nós nem vimos o carro parar, nada. Quando fui sair já entrou um rapaz com revólver na mão dizendo que era um assalto”, afirmou o serralheiro.
Os assaltantes amarraram seis pessoas entre integrantes da família e funcionários por meia hora e reviraram a casa atrás de dinheiro e joias.
“Eu apanhei, levei soco na cara, fui amordaçado, amarraram minhas pernas. Se você não coopera a gente vai te apagar”, contou o cantor.
Os ladrões planejavam usar um carro, que eles roubaram cerca de sete horas antes de chegar à residência, para levar alguns pertences. Eles chegaram até a colocar no porta-malas discos de ouro e de platina do Trio Los Angeles, além de uma televisão.
A irmã de Márcio, que já foi do Trio Los Angeles, também estava na casa, conseguiu se esconder no quarto dos fundos e chamar a polícia.
“A polícia pediu para eu não sair, para eles não descobrirem que eu estava lá. Eu não ouvi a polícia chegar. Quando eu ouvi o tiroteio, eu entrei em desespero, porque achei que eles estavam matando a minha família”, disse Ana Maria Mendes.
A sala ficou com o espelho estilhaçado, marcas de tiros na parede e cápsulas espalhadas pelo chão. “Quando entramos na casa, na porta principal, fomos recebidos a tiros, revidamos a agressão. Dois indivíduos conseguiram fugir pelo fundo, pularam a cerca e fugiram”, afirmou o policial militar Ademir Just.
Um dos três ladrões mortos era filho de um policial, que não quis conversar com a equipe de reportagem para o Bom Dia São Paulo. A polícia procura os dois assaltantes que fugiram.

Fonte:Globo

Policiais civis da Defur prendem homem com três veículos roubados na zona Norte

Por Redação

 
Foto: Divulgação / Degepol
A equipe de policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) prendeu na noite desta terça-feira (15), na zona Norte de Natal, um homem identificado como Michael Mateus do Nascimento Gomes, acusado de tomar carros de assalto. Com ele a polícia apreendeu três veículos roubados.
A prisão aconteceu após uma denúncia recebida pela Defur, dando conta de que um rapaz em atitude suspeita estaria em um veículo roubado na Zona Norte. Os policiais civis realizaram diligência e abordaram o acusado, que estava num carro tipo Celta, sendo constatado que o mesmo era roubado e estava com a placa clonada. Ele também portava uma pistola calibre 380 e algumas chaves de veículos.
“Na ocasião da abordagem o preso confessou que havia realizado dois roubos de veículo no dia de hoje no bairro Tirol, perto da sede do América e ainda levou os policiais até onde estavam os carros, sendo um Corolla e um Gol que foram abandonados na Rua Seridó, no bairro Petrópolis”, detalhou o delegado titular da DEFUR, Herlânio Cruz. Com relação ao Celta, o preso disse que comprou por R$ 2.500.
Os policiais também foram até a residência do acusado, localizada no município de Touros, onde encontraram alguns lacres dos Correios. Na ocasião, ele confessou que participou de um assalto à agência dos Correios, na cidade de Ipanguaçu-RN, ocorrido no último dia 08 de abril. Nas proximidades da casa, a Polícia Civil também encontrou um carro tipo Golf , que também havia sido tomado de assalto, mas ele negou o roubo desse veículo.
As vítimas que compareceram à Especializada para fazer o reconhecimento contam que o acusado agiu com muita violência. Na delegacia, o preso disse ainda que atuava com outros dois comparsas, o que vai ser investigado pela Defur. Michael já havia sido detido quando era menor de idade por um assalto a uma agência dos Correios. Ele foi autuado por roubo, porte ilegal de arma de fogo e receptação.

*Fonte: Assessoria / Degepol

Bahia: Com PM em greve, Salvador (BA) tem madrugada de saques e roubos

Vários supermercados e lojas de Salvador (BA) amanheceram arrombados e  tiveram mercadorias roubadas e saqueadas na madrugada desta quarta-feira (16). As ações criminosas ocorreram após o anúncio do aquartelamento da tropa PM (Polícia Militar) na Bahia, iniciado na noite dessa terça-feira (15).
Segundo a polícia, até às 9h da manhã desta quarta foram registradas ocorrências de roubos em estabelecimentos comerciais nos bairros Baixa dos Sapateiros, Caixa D'Água, Fazenda Grande do Retiro, Vale do Ogunjá, Pau da Lima e São Caetano.
Um dos estabelecimentos roubados foi o supermercado Cesta do Povo, um dos maiores do bairro Vale do Ogunjá. Segundo a polícia, um grupo quebrou as portas do supermercado e o invadiu por volta das 3h. Devido à quantidade de pessoas, os seguranças não puderam agir. Os saqueadores levaram as mercadorias usando carrinhos do supermercado.
O mesmo aconteceu com a loja Ricardo Eletro, no bairro Caixa D'Água.
Comerciantes dos bairros que tiveram registros de invasões na madrugada reforçaram na segurança dos estabelecimentos e alguns deles retiraram as mercadorias dos estabelecimentos e levaram para depósitos na tentativa de evitar prejuízos.
A insegurança levou a UFBA (Universidade Federal da Bahia), UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana), faculdades e colégios particulares suspenderam as aulas nesta quarta-feira. Em comunicado, os estabelecimentos informaram que retornam às aulas na próxima segunda-feira (21).

Falta de ônibus

O aquartelamento da PM na Bahia também afetou o serviço de ônibus em Salvador e região metropolitana na manhã desta quarta-feira (16). Terminais de passageiros ficaram lotados por conta do recolhimento de ônibus.
A escassez de ônibus causou problemas aos usuários de ônibus, que lotaram os terminais de passageiros.
A fisioterapeuta Adriana Farias, 33, que estava na Estação do Pirajá contou que só conseguiu chegar ao trabalho após pegar um táxi depois de 1h20 de espera por um ônibus. "Mesmo assim os táxis que passavam estavam lotados, mas consegui dividir um com outras pessoas. O trânsito está travado", contou.
Segundo o Sindicato dos Rodoviários da Bahia, filiado à CUT (Central Única dos Trabalhadores), motoristas e cobradores que estavam com veículos circulando dede às 5h decidiram retornar com os ônibus para as garagens devido ao clima de insegurança com a falta de policiamento.
O sindicato informou que ônibus da empresa Barramar estão todos recolhidos no pátio e a ordem é de que os trabalhadores só saiam quando houver garantias de segurança. Os ônibus da empresa Capital atrasaram as saídas da garagem, pois os motoristas e cobradores só saíram com os veículos após uma reunião em frente à empresa, em Pirajá.
Por volta das 4h30 da manhã desta quarta-feira, um grupo de motoristas e cobradores que estava em um ônibus seguindo para as garagens foi assaltado na região do Subúrbio Ferroviário.
O transporte de passageiros em ônibus vem enfrentando problemas deste a deflagração da paralisação da PM, na noite dessa terça-feira (16). Após a decisão dos militares de se aquartelarem, o sindicato dos rodoviários recomendou que os ônibus fossem recolhidos "preocupado com a integridade dos trabalhadores e dos usuários de ônibus".
A SSP (Secretaria de Segurança Pública) informou ao UOL, nesta quarta-feira (16), que solicitou apoio do Exército e da Força de Segurança Nacional, na noite desta terça-feira (15), mas ainda não há previsão do envio das tropas para a Bahia.
Os PMs pedem isonomia salarial entre as polícias civil e militar, reformulação do plano de carreira e a implantação de um novo código de ética. Os militarem também protestam sobre o reajuste salarial concedido pelo Estado, que foi dividido em duas vezes pelo governo do Estado -- 2% neste mês de abril e 3,91% em julho.

Paralisação de outras categorias

Nesta manhã servidores do Estado estão reunidos em uma assembleia realizada pela Fetrab (Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia), no Ginásio dos Bancários, em Salvador, para discutir o reajuste salarial.
A PC (Polícia Civil) também está com as atividades paralisadas e apenas 30% dos serviços estão mantidos. A paralisação é de 24h.
Os professores da rede estadual de ensino também resolveram aderir ao movimento e também suspenderam as atividades nesta quarta-feira. A categoria decidirá em assembleia nesta manhã se o movimento paredista vai continuar.
Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia, os professores só vão entrar em greve caso seja decidida pela adesão de todos os servidores do Estado.

(Com informações de "A Tarde")

Maranhão: Com polícia sem carro, juiz quer que preso seja trazido em 'lombo de burro'

O juiz Celso Serafim Júnior foi obrigado a suspender uma audiência porque o acusado não compareceu ao Fórum de Mirinzal (418 km de São Luís), na última quarta-feira (9). Como está detido, ele precisava ser transportado pela polícia, que não tinha carro. No mesmo dia, diante de todos as pessoas que foram ao local e iriam participar da audiência, Serafim Júnior marcou uma nova audiência, para o dia 21 de maio, mas mandou um recado às polícias no município: "Saliento que na impossibilidade de haver viatura deverá a autoridade policial trazer o acusado em lombo de burro, carro de boi, charrete ou táxi".
Reprodução
A determinação do juiz ganhou destaque nas redes sociais e gerou discussão sobre a estrutura policial no Maranhão. O presidente da Associação de Magistrados do Maranhão, Gervásio Santos, postou a decisão no Facebook e disse que a falta de estrutura prejudica o trabalho do judiciário
Segundo Serafim Júnior, a decisão veio como uma crítica à estrutura precária da segurança pública na região e à desculpa oficial para não transportar o acusado.
"Quis dizer com essa decisão que a falta de viatura não é justificativa. O texto é para quem consegue ler além. Não é legitima a falta de um material tão importante, mas não quer dizer que quero que a polícia realmente me traga no lombo de um jumento", disse o juiz, em entrevista ao UOL.
Serafim Júnior disse que é obrigação de Estado a locomoção dos presos, e que havia a data foi previamente informada às autoridades.
"A delegacia está a menos de 2 km do Fórum. A audiência estava previamente agenda. É questão de gestão. Se não vai ter um carro, providencia outro, mas não deixa faltar uma viatura, não só para transportar o preso, mas para o policiamento normal", afirmou.

Outro caso

Segundo o juiz --que é titular da comarca vizinha de Cururupu, mas responde por Mirinzal--, esse não foi o primeiro caso de problemas causados por falta de carros da polícia na cidade. No último dia quatro, uma decisão obrigou o Estado a fazer um transporte de um preso para uma cirurgia, mas que até agora não ocorreu.
"Tive lá ontem à noite e não ele não tinha sido conduzido. Ele tem um problema no aparelho genital, que pode se agravar e virar uma cirurgia de emergência. Essa é uma questão séria, de saúde do preso, e por falta de viatura não está ocorrendo", afirmou.
UOL enviou questionamentos ao governo maranhense sobre a suposta falta de estrutura da polícia no local, mas até a publicação da reportagem não obteve retorno.

terça-feira, 15 de abril de 2014

HOMEM REAGE A ABORDAGEM DA POLICIA MILITAR DE LAJES E ACABA SENDO MORTO.


Nesta terça feira,15 de Abril a policia militar da cidade de Lajes ao visualizar um jovem Jefferson com atitude suspeita resolveu fazer uma abordagem onde o mesmo sacou um revolver calibre 38, foi logo quando um policial  em legitima defesa disparou contra o jovem, o mesmo foi cambaleado até ao banheiro de uma churrascaria e pousada na BR-304 situada em Lajes, de acordo com informações da policia civil, o mesmo respondia por 157, também foi preso no carnaval deste ano aqui em Lajes, na delegacia conseguiu fugir da cela usando garrafas PETI cheia de água.
Os PMs colocaram o jovem na viatura e socorreram para o hospital local, o mesmo chegou já sem vida, algumas pessoas já chegava ao local do acontecido, muitas pessoas falavam que o mesmo andava sempre com essa arma na cintura, chegando a mostrar o cabo da mesma no em uma casa de show da cidade, ainda não se tem o nome do jovem, já, já, mais informações, veja abaixo o local onde aconteceu a abordagem.
Informações e fotos: Cabugi Noticias

Degepol instala comissão especial para apurar morte de estudante vítima de bala perdida em Mossoró

oab4
OAB Seccional de Mossoró se reuniu com o Delegado Clayton Pinho
Alexsandro Mendonça morreu vítima de bala perdida durante ação policial
Alexsandro Mendonça morreu vítima de bala perdida durante ação policial
A Delegacia Geral de Polícia do Rio Grande do Norte -Degepol designou uma comissão especial formada por três delegados para apurar a morte do estudante Alexsandro Mendonça de 17 anos,vítima de bala perdida durante uma ação de Policiais da Homicídio no bairro Santo Antônio em Mossoró,fato ocorrido no dia 3 de abril deste ano.
A medida foi publicada no Diário Oficial do estado na edição desta terça-feira 15 de abril de 2014 e designa os Delegados Dênys Carvalho,Helder Almeida e Nivaldo Floripes,como integrantes da Comissão.
A equipe,segundo o documento vai dar continuidade aos trabalhos de investigação iniciados pelo Titular da Homicídios Dr. Clayton Pinho,que vai acompanhar o trabalho da comissão especial.
O delegado Clayton Pinho, titular da Delegacia de Homicídios (DEHOM), de Mossoró, foi afastado do caso,em decorrência de ser um policial de sua equipe suspeito de supostamente ter efetuado o disparo que matou Alexsandro Mendonça.
O policial que supostamente efetuou os disparos foi transferido da Delegacia de Homicídio para a capital do Estado. Em entrevista coletiva à imprensa na tarde desta terça feira 15 de abril de 2014,o Delegado Clayton Pinho considerou de desastrosa ação dos policiais que culminou com a morte do estudante.


*O Câmera 2

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Operação da DIVPOE apreende 15 quilos de Maconha no bairro Barrocas em Mossoró

15kilosmaconha 15kilosmaconha1 15kilosmaconhabn divipoes
Uma operação desencadeada por agentes da Divisão de Policia do Oeste resultou na apreensão de 15 quilos de maconha.
A operação foi realizada em uma residencia na rua Calixtrato Nascimento no bairro Barrocas. Uma adolescente de 16 anos que estava na residencia foi conduzida a Narcóticos.
A droga está avaliada em 45 mil reais.

O Câmera 2 

domingo, 13 de abril de 2014

HOMEM É ESFAQUEADO NO PESCOÇO E CONSEGUE SOBREVIVER NA CIDADE DE LIMOEIRO EM PERNAMBUCO

Na noite da ultima sexta-feira (11), em Limoeiro-PE (77Km de Recife), mais uma tentativa de homicídio foi registrado pela Policia Militar daquela cidade. Após dar entrada em um hospital da cidade, a vitima que havia sido esfaqueada no pescoço se encontrava lúcida e chegou até a conversar com enfermeiros e médicos.


As motivações e causas que levaram a essas agressões não nos foi repassada. A polícia ainda espera a recuperação da vítima para contar detalhes do ocorrido. Segundo nosso internauta que acompanhou tudo de perto, nos informou que o estado de saúde até o momento do rapaz é estável e não corre risco de morte... Ele chegou no hospital com a faca cravada no pescoço! Veja nas imagens: 









Portal A Desgraça Via: Pablo Maia - Repórter Plantão Policial/ cidadesa

Policiais realizam parto embaixo de viaduto no centro de SP

Os PMs que realizaram o parto foram elogiados pelos médicos da Unidade de Resgate

Policiais da 2ª Companhia do 45º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) socorreram uma gestante e fizeram o parto da criança, na manhã desta sexta-feira (11), na Avenida do Estado, sob o Viaduto Nakashima, na região central de São Paulo.
No local, próximo à Estação Pedro II do Metrô, uma moradora de rua percebeu que as contrações estavam cada vez mais fortes e frequentes e pediu auxílio ao 190 - o telefone da Polícia Militar. Uma viatura foi enviada, por volta das 6h30.
Imediatamente, os policiais ligaram ao resgate especializado e receberam orientações médicas para o parto. Um dos soldados que atenderam à ocorrência foi responsável, inclusive, por esterilizar uma tesoura para a retirada do cordão umbilical da menina que acabara de nascer.
A mãe e a criança foram encaminhadas ao Pronto Socorro Vergueiro, também na região central de São Paulo, por paramédicos que elogiaram o trabalho da Polícia Militar, assim como outros moradores de rua que assistiram à cena.
Fonte SSP/SP

PRF prende duas mulheres com 99 quilos de maconha em São José de Mipibu

Suspeitas estavam em um táxi e alegaram que droga seria levada para Recife.

Duas mulheres foram presas, na noite desta sexta-feira (11), em São José de Mipibu. Elas foram flagradas carregando 99 quilos de maconha, durante uma abordagem no posto policial da Polícia Rodoviária Federal.

Logo que pararam o táxi, os policiais observaram que as suspeitas ficaram nervosas e, por isso, pediram para olhar as bagagens delas. Dentro de três malas, estavam os tabletes de maconha. Diante do flagrante, as duas receberam voz de prisão.

As mulheres foram conduzidas ara a Delegacia de Plantão da Zona Sul, em Natal, onde foram autuadas. Elas declararam que estavam indo de Natal para Recife e para fazer o transporte da droga teriam recebido R$ 1.500 cada uma.

*Portal BO

'Não cometeu delito', diz advogado de diretor de presídio preso no RN

Rondinelli Santos foi preso em flagrante na tarde deste sábado (12).
Advogado Paulo César Costa diz que diretor foi visitar a mulher operada.


Do G1 RN




Complexo Penal João Chaves, na Zona Norte de Natal, foi interditado e não pode receber novos presos (Foto: Caroline Holder/G1)
Complexo Penal João Chaves, em Natal
(Foto: Caroline Holder/G1)
O diretor do complexo penal Doutor João Chaves, Rondinelli Vítor dos Santos, continua preso em Natal. Ele foi detido em flagrante na tarde deste sábado (12) sob suspeita de levar três presos para trabalhar na reforma da casa dele, no bairro de Passagem de Areia, na cidade de Parnamirim. Os advogados de defesa de Rondinelli negam a versão apresentada pela polícia.
Paulo César Costa e Allan Almeida alegam que Rondinelli teria ido à casa dele apenas para visitar a mulher, que está recém-operada. "De maneira alguma isso que a polícia relatou ocorreu. O Rondinelli protocolou na João Chaves que iria levar os três presos para o Centro de Detenção Provisória de Pirangi para fazer a medição de uma cela que está por ser construída. De lá, ele passou em casa para ver a mulher, que foi operada há 10 dias. O Rondinelli não cometeu delito algum", disse ao G1 Paulo César Costa.
O complexo João Chaves fica na zona Norte de Natal. O Centro de Detenção Provisória de Pirangi (CDP), na zona Sul. A casa de Rondinelli é no bairro de Passagem de Areia, em Parnamirim, cidade da Grande Natal.
Paulo César disse ainda que, ao contrário da versão policial, os três presos que estavam com Rondinelli sequer saíram do carro oficial do presídio. "Quando os policiais miliatres chegaram, o Rondinelli estava dentro de casa com a mulher e os três presos estavam no carro. Essa mesma versão foi dada pelos três presos em depoimento na delegacia de plantão da zona Sul de Natal. Eles negam que estariam fazendo a reforma da casa do Rondinelli porque isso nunca aconteceu", falou.
Paulo César Costa e Allan Almeida anteciparam ao G1 que irão protocolocar ainda neste domingo (13) o pedido de soltura de Rondinelli Santos. O diretor do presídio João Chaves passou a noite no setor de triagem do CDP de Pirangi, onde ainda está detido.
Rondinelli Santos é agente penitenciário e ocupa cargo comissado de diretor da João Chaves. O G1 também entrou em contato com a presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN, Vilma Batista. "Queremos que esse caso seja devidamente apurado e que tudo seja esclarecido", falou.
Flagrante
Segundo a Polícia Militar, Rondinelli Santos foi preso em flagrante após ter levado três detentos para trabalhar na reforma da casa dele. Para transportar os presos, o diretor teria usado o carro oficial do presídio, que foi apreendido pelos PMs.
"Recebi uma denúncia anônima às 16h40 deste sábado informando que o diretor havia saído do presídio com três presos e seguido, em carro oficial, até a casa dele. De imediato mandei duas equipes até a casa do diretor, que fica no bairro de Passagem de Areia, em Parnamirim. Quando os policiais chegaram, confirmaram a denúncia e prenderam os quatro homens", falou ao G1 o comandante geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, Francisco Araújo.
O comandante disse que os presos da João Chaves estavam reformando a casa do diretor. "Ainda não sei informar se essa foi a primeira vez que isso aconteceu. Determinei que os quatro presos fossem levados para a delegacia de plantão da zona Sul de Natal. Agora cabe à Polícia Civil apurar o crime de corrupção passiva e outros possíveis", completou o oficial.

Deficiente físico sofre tentativa de homicídio por arma branca no bairro Nova Vida em Mossoró

deficientefaca deficientefaca1 deficientefaca2
Um deficiente físico identificado como Josivan Lucas da Silva, 36 anos de idade foi vítima de uma tentativa de homicídio por arma branca, na manhã de domingo 13 de Abril de 2014, no Bairro Nova Vida (Malvinas) em Mossoró.
Segundo informações, Josivan,que só tem uma perna,caminhava em via pública nas proximidades de  um mercadinho naquele bairro, quando um indivíduo,não identificado pela polícia o perseguiu e desferiu dois golpes de faca peixeira no mesmo.
Informações de testemunhas dão conta de que Lucas, Josivan seria suspeito de ter matado um irmão do agressor. O mesmo foi socorrido por uma ambulância de suporte avançado “Alfa” do Samu para o Hospital Regional Tarcisio Maia e seu estado de saúde é considerado estavel.
A Polícia não conseguiu localizar o acusado de esfaquear o deficiente físico.


Fotos Policia 24 horas

Estudante reage a assalto e é morta a tiros no interior do RN

Luana foi morta a tiros no interior do RN (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Luana Pereira estava em uma praça no Centro de São Paulo do Potengi.
Ela tinha 18 anos e estava com o namorado; polícia procura por dupla.


A estudante Luana Pereira, de 18 anos, foi morta a tiros após reagir a um assalto na cidade de São Paulo do Potengi, distante 75 quilômetros de Natal. Segundo a polícia, ela estava em uma praça no Centro da cidade com o namorado quando dois homens chegaram em uma moto e anunciaram o assalto. Luana reagiu e acabou sendo baleada. Ela morreu no local.
O crime, cometido na madrugada de sábado (12), chocou a cidade de São Paulo do Potengi. A polícia local mantém diligências para tentar identificar e prender os dois homens que cometeram o assassinato. Até o momento não há pistas do paradeiro da dupla.
Fonte: G1 do RN

sábado, 12 de abril de 2014

APODI=GTO recupera motocicleta roubada.


No início da noite de ontem dia 11, a central de operações recebeu a denúncia de que haviam elementos em atitude suspeita em uma motocicleta na estrada que da acesso a base da Petrobras em Riacho da Forquilha. De imediato o GTO de Apodi comandado pelo Cap. Carvalho foi até o local informado, e ao entrar na estrada de acesso, avistou uma motocicleta em chamas, devido a ação rápida da policia o fogo foi controlado e apagado sem maiores prejuízos. Ao ser verificada junto ao sistema, foi constatado que a mesma era roubada. Honda Fan 125 preta de placa MXS-3842, tinha sido tomada de assalto no dia 30 de Março nas proximidades da barragem de Santa Cruz. Na ocasião dois elementos armados de revolver tomaram de assalto duas motocicletas do tipo Honda Fan 125 de cor preta e placa MXS-3842, e uma Honda 150 de cor azul e placa MYX-4393. Após o crime, os elementos fugiram com destino a Zona Rural da cidade de Umarizal.


*Sentinelas do apodi

sexta-feira, 11 de abril de 2014

De salto alto, policial saca arma e surpreende supostos criminosos no Rio


Fabiana Silva, subcomandante do 22º Batalhão (Maré), estava a caminho do trabalho quando flagrou grupo que, segundo PM, tentaria atear foto em ônibus. Ação surpreendeu moradores


Clarissa Thomé - O Estado de S. Paulo


RIO - Em meio ao som de tiros e bombas, em um trecho em que um ônibus pegava fogo, a figura de uma mulher armada, de calça branca e salto alto vermelho, surpreendeu quem passava pela Avenida Leopoldo Bulhões.

A subcomandante Fabiana Silva - Bruno Gonzalez/O Globoa
Bruno Gonzalez/O Globo
A subcomandante Fabiana Silva
Era a major Fabiana Silva, subcomandante do 22.º Batalhão (Maré), que estava a caminho do trabalho, quando viu um grupo de homens, alguns com pedras nas mãos, logo após a desocupação da Favela da Telerj, erguida em um terreno da Oi, no Engenho Novo. Fabiana desceu do carro e, empunhando uma pistola, impediu a suposta ação.

Em nota, a assessoria da PM informou que a major, que tem 16 anos de corporação, desconfiou que o grupo tentaria atear fogo a outro ônibus. Os homens fugiram em direção à comunidade do Arará, em Manguinhos.

A cena foi registrada pelo jornal Extra, que passava no local. Depois de conter o grupo, Fabiana orientou policiais militares sobre a posição que eles deveriam tomar.

APRAM NEGOCIA PLANO DE SAÚDE PARA ASSOCIADOS

A diretoria da Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM) vem por meio deste comunicado anunciar aos seus associados e público em geral que encontra-se em processo de negociação com a empresa HAPVIDA no intuito de estabelecer convênio no sistema Plano Empresa.

O consultor da referida empresa explica que os valores ainda não foram definidos o que dependerá da quantidade de pessoas que aderirem ao plano. "Quanto maior o grupo maiores serão as vantagens para todos", explica.

A empresa

Com 35 anos de história e uma estratégia balizada na verticalização dos serviços médico-hospitalares, o Sistema Hapvida atende 2,8 milhões de clientes em todo o território nacional. Hoje, o Hapvida é a maior operadora de saúde do Norte e Nordeste, com a maior rede de atendimento próprio das regiões, uma das duas maiores operadoras com capital próprio e genuinamente nacional e a terceira maior do País, em número de beneficiários. 

Atualmente, são 13.500 mil colaboradores diretos envolvidos na operação de 20 hospitais próprios, 70 Hapclínicas, 15 Prontos Atendimentos, 55 centros de diagnóstico por imagem e 49 laboratórios com diversos postos de coleta distribuídos nos 11 estados onde a operadora atua com rede própria.

Os interessados em participar do plano devem preencher o cadastro abaixo e aguardar chamamento para oficializar a adesão. 

http://apramrn.blogspot.com.br/2014/04/apram-negocia-plano-de-saude-para.html

CRIME DE HOMICÍDIO EM MOSSORÓ. HOMEM É MORTO NO BAIRRO SANTO ANTÔNIO.

O CIOSP Mossoró registrou mais um crime de homicídio na cidade. O fato se deu no bairro Santo Antônio por volta das 20:00hs desta sexta feira 11 abril 2014. Segundo Sargento Nilson comandante da BIC-01 do bairro citado, juntamente com os Sds Wildiney e Ranilton que chegaram primeiro ao local, eles foram acionados e informados pelo CIOSP que populares teriam ligado informando de disparos de arma de fogo nas proximidades do Mercantil Diniz, passando pela rua Jerônimo Rosado eles se depararam com o homem identificado como João Pedro Cândido da Silva, 30 anos baleado e caído ao chão. A ALFA-01 SAMU chegou logo em seguida e socorreu o jovem para o HRTM, O mesmo não resistiu as gravidades dos ferimentos e morreu ao da entrada naquela unidade hospitalar. De acordo com Sgt. Nilson com ele foi encontrada uma arma caseira de brinquedo e segundo relatos de alguns populares ele estaria praticando assaltos, inclusive teria tomado dois celulares de duas jovens, porém os aparelhos não foram localizados. Dalva Lira do SAMU informou que visualizou pelo menos dois disparos no jovem, sendo um na perna e outro na região do quadril transfixando e ficando alojado em um dos pulmões o que causou sua morte. Mais um crime a ser investigado pela Delegacia de Homicídios da Cidade de Mossoró.  
PASSANDO NA HORA


PASSANDO NA HORA


PASSANDO NA HORA


PASSANDO NA HORA


PASSANDO NA HORA(Policial exibe arma que estava com a vítima)